Lisboa

Câmara desafia trabalhadores municipais a irem de bicicleta para o trabalho na quinta-feira

20 | 09 | 2011   18.37H

A Câmara Municipal de Lisboa desafiou hoje todos os trabalhadores municipais a deslocarem-se para o trabalho em bicicleta na próxima quinta-feira, Dia Europeu Sem Carros, “experimentando assim este modo de transporte suave”.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

O gabinete do vereador do Ambiente, José Sá Fernandes, em parceria com a Lisboa E-Nova, refere, em comunicado hoje divulgado, que para participarem na ação “De Bicicleta Para o Trabalho”, os trabalhadores devem registar-se no site www.lisboaaenova.org , onde poderão deixar uma frase alusiva ao tema.

Além de um pacote com vários brindes para os primeiros 50 participantes, oferecidos por parceiros da ação, a frase mais original selecionada por um júri composto por elementos da Lisboa E-Nova, Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e Federação de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), recebe uma bicicleta oferecida pela FPCUB.

“Este é o ano zero desta ação dirigida apenas a trabalhadores da CML. No futuro, pretende-se desafiar outras empresas da cidade para aderirem à iniciativa, incentivando os seus trabalhadores para se deslocarem de casa para o trabalho, sempre que lhes for possível, de bicicleta, transportes públicos ou a pé”, adianta a nota.

Ainda na sequência do Dia Europeu Sem Carros, e no âmbito da ação “De Bicicleta Para a Escola”, a CML e a FPCUB vão estar quinta-feira em duas escolas (Carnide e Telheiras) para apresentar aos alunos as vantagens de se deslocarem para os estabelecimentos de ensino de bicicleta e transmitir conselhos para o fazerem em segurança.

A ação decorre a partir das 10:00 na Escola Secundária Virgílio Ferreira, em Carnide, e a partir das 14:30 na EB São Vicente, em Telheiras, estabelecimentos aos quais serão oferecidos dois estacionamentos para bicicletas.

Segundo a CML, a escolha destas duas escolas teve em consideração o facto de “estarem servidas por uma das pistas cicláveis da rede municipal”.

A primeira edição desta iniciativa foi em 2010, nas EB 1º ciclo Prista Monteiro, EB José Gomes Ferreira, EB 1º ciclo nº45.

Também numa iniciativa conjunta da Câmara Municipal de Lisboa e da FPCUB, no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade 2011, foram produzidos três curtos filmes que visam apoiar quem usa ou pretende usar a bicicleta em meio urbano nas suas deslocações diárias, acrescenta o comunicado.

“A bicicleta na cidade”, “A bicicleta nos transportes coletivos” e “Como prender uma bicicleta” são os temas dos filmes, “que, através de conselhos práticos, podem tornar mais seguro o dia a dia de quem opta por este modo suave”.

Os vídeos, com duração de cerca de dois minutos, estarão disponíveis nos sites da FPCUB e da CML, bem como em várias redes sociais, como o Youtube, Sapo Vídeos, Vimeo, entre outros.

A apresentação dos vídeos será feita na próxima quarta-feira às 14:00, durante a entrega do Prémio Nacional Mobilidade em Bicicleta, no auditório do Metropolitano de Lisboa – Estação Alto dos Moinhos.

Saiba mais sobre:
Foto: Maria João Serra
Câmara desafia trabalhadores municipais a irem de bicicleta para o trabalho na quinta-feira | © Maria João Serra

4 comentários

  • Já agora podia ser todo o ano e para os politicos. poupavam-se uns bons milhares de euros.
    Carmo | 21.09.2011 | 15.20Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este é o país dos XICOS ESPERTOS! Já agora, porque não compra uma bicicleta para todos os funcionários incluindo para os politicos que chulam na câmara, porque não são funcionários?! Este GAJO, sempre cá me saiu... não digo filho da puta, porque não conheço a mãe e posso até estar...
    certo?! | 21.09.2011 | 11.03Hver comentário denunciado
  • Muito bem, senhor vereador. Tem o meu voto,mas acho nao só os trabalhadores que devem usar as bicicletas. O senhor e todos os seus colegas e todos os ministros e parlamentários devem ir paea reunioes de bicicleta. Deixem de gastar millhoes na compre de carros que cada vez mais entulham o Ambiente. Se nao pouparem e gastarem mais que aquilo que teem vais-lhe acontecer como á Grécia de momento fala-se na saída do volta ao drach com desvalorizacao e entao passa-se a andar de cavalo para burro.Pensem bem nao facam mais asneiras, pois já dizia a minha avó quem compra sem poder vende sem querer. Peco desculpa pelos erros ortogtáficos sou um 4.Classe do Ano 1937.
    O Vélhote | 21.09.2011 | 09.44Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • AH . . . ! AH . . . ! AH . . . ! AH . . . ! Por favor . . . ! Não me estraguem . . . ! A "malguinha" . . . ! De tanto rir . . . ! ! !
    alexandre barreira | 20.09.2011 | 18.45Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE