PUBLICIDADE
OE2011

Despesas com pessoal caem 10% até Agosto

20 | 09 | 2011   21.16H

O Estado reduziu em 10 por cento as despesas com pessoal nos primeiros oito meses do ano, face a período homólogo, tendo as despesas com remunerações caído 6,5 por cento e as despesas com segurança social 20,9 por cento.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

De acordo com os dados hoje divulgados pela Direcção-Geral do Orçamento, o valor gasto pelo Estado com pessoal terá sido inferior em 737,1 milhões de euros até agosto, face ao valor despendido nos primeiros oito meses de 2010.

A contribuir para esta queda de 10 por cento esteve uma diminuição de 6,5 por cento nas despesas com remunerações certas e permanentes (menos 355,1 milhões de euros que há um ano), e de 16,5 por cento nas despesas com abonos variáveis ou eventuais (menos 52,2 milhões de euros).

A segunda maior contribuição, e maior redução em termos percentuais, nas despesas com pessoal foram os gastos com Segurança Social, que apresentam uma diminuição de 20,9 por cento (menos 329,6 milhões de euros).

Recorde-se que no início do ano foi colocado em prática um corte nos salários dos funcionários públicos (que abrange os trabalhadores das restantes entidades na órbita do Estado) na ordem dos 5 por cento em termos médios, e várias medidas de controlo no que diz respeito à atribuição de abonos e outro tipo de subsídios aos trabalhadores, incluindo ajudas de custo e horas noturnas.

O Estado conseguiu ainda diminuir as transferências correntes para os vários setores das administrações Públicas em 5,9 por cento, conseguindo alcançar uma diminuição do total das despesas correntes de 1.169,6 milhões de euros, resultado que no bolo total das despesas do Estado é reduzido para 924 milhões de euros, devido a um aumento de 245,8 milhões de euros nas despesas de capital.

As despesas de capital apresentam este aumento maioritariamente devido a um aumento nas ‘outras transferências de capital’ de 528,3 milhões de euros em comparação com os valores registados até final de Agosto de 2011.

Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE