Taça da Liga (2.ª fase)

Sorteio junta desavindos Gil Vicente e Belenenses

21 | 09 | 2011   14.03H

O sorteio da segunda fase da Taça da Liga de futebol ditou hoje um “duelo” entre Gil Vicente e Belenenses, dois clubes de relações cortadas desde o “caso Mateus”, que culminou com a descida dos "galos" à Liga de Honra.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

O sorteio realizado hoje na sede da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) ditou um “derby” insular entre as formações do Marítimo (Liga) e do União da Madeira (Honra), tendo ainda ditado os seguintes confrontos: Penafiel-Académica, Naval 1.º de Maio-Vitória de Setúbal, Santa Clara-União de Leiria, Moreirense-Beira-Mar e Estoril-Olhanense.

A segunda fase da Taça da Liga, a disputar sob a forma de uma eliminatória a duas mãos, marca a entrada em prova dos clubes da Liga classificados entre os nono e 14.º lugares e os dois promovidos.

Estes clubes, que jogam a primeira mão como visitantes, vão defrontar os oito clubes da Liga de Honra apurados na primeira fase.

O presidente do Feirense, Rodrigo Nunes, que marcou presença no sorteio, expressou o desejo de passar à fase seguinte, até pelo atrativo da receita suplementar que representaria para o clube.

“Nós nunca passamos da primeira eliminatória, e até já fomos eliminados pelo Portimonense, mas a situação agora é diferente, uma vez que o Feirense está na Liga”, referiu Rodrigo Nunes.

O presidente do Feirense disse que “as condições agora são diferentes” e o “objetivo passa por seguir para a fase seguinte”, até porque “a receita é importante para equilibrar as finanças”.

O representante do Gil Vicente, Miguel Pimenta, sublinhou a coincidência de uma vez mais o sorteio da Taça da Liga ter colocado o Belenenses no caminho do clube de Barcelos.

“Vai ser uma eliminatória difícil, mas a expetativa do Gil Vicente é a de fazer um bom resultado no jogo em Belém e resolver a eliminatória em casa”, referiu Miguel Pimenta.

No que respeita às relações entre os dois clubes, deterioradas na sequência da transferência do futebolista Mateus, Miguel Pimenta adiantou que “simplesmente não existem”.

“Foi o que nos calhou no sorteio e não vamos exigir outro adversário. Já nos defrontamos em outras situações e já os eliminámos”, acrescentou o representante do Gil Vicente.

O representante do Beira-Mar, Fernando Vinagre, reconheceu que o sorteio até foi favorável - vai defrontar o Moreirense -, já que evitou uma deslocação longa. “A nossa ambição é passar à fase seguinte”.

“O Beira-Mar parte como favorito para a eliminatória e com o desejo de passar à fase seguinte”, acrescentou Fernando Vinagre, revelando já a intenção de alterar o jogo da segunda mão de quarta-feira para o fim-de-semana.

A primeira mão da eliminatória está agendada para 26 de outubro, enquanto a segunda se disputa a 09 de novembro.

2.ª fase da Taça da Liga:

Penafiel – Académica de Coimbra.

Naval 1.º de Maio – Vitória de Setúbal.

Santa Clara – União de Leiria.

Moreirense – Beira-Mar.

Belenenses – Gil Vicente.

Portimonense – Feirense.

Estoril – Olhanense.

União da Madeira – Marítimo.

Saiba mais sobre:

1 comentário

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE