PUBLICIDADE
FMI

Crise da dívida na Zona Euro pode ter provocado perdas de 300 milhões de euros na banca europeia

21 | 09 | 2011   15.28H

A crise da dívida soberana na Europa já terá provocado perdas a rondar os 300 mil milhões de euros nos bancos europeus desde o eclodir da crise na Grécia, estimou hoje o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Destak/Lusa | destak@destak.pt

No seu relatório sobre a estabilidade financeiras global, a organização estima que que a primeira das quatro vagas da crise da dívida soberana que afetaram os bancos europeus começou na Grécia, teve um impacto de 60 mil milhões de euros.

A segunda vaga terá sido o efeito das tensões nos mercados de dívida soberana com a Irlanda e Portugal, que acrescentaram mais 20 mil milhões de euros aos 60 mil milhões da Grécia, passando para 80 mil milhões de euros as perdas estimadas.

Incorporando o efeito das tensões nos mercados quando estas se espalharam até à Bélgica, Espanha e Itália – a terceira vaga - o valor estimado do impacto nos bancos europeus sobe para 200 mil milhões de euros.

No documento, a organização defende ainda que estas perdas sobem para 300 mil milhões de euros devido à queda dos preços dos ativos dos bancos nos países com altas taxas de juro na Zona Euro (Bélgica, Grécia, Irlanda, Itália, Portugal e Espanha) em conjugação com as tensões a nível soberana, levando a um aumento no risco de crédito da exposição interbancária.

O FMI explica, no entanto, que estes valores representam estimativas baseadas na avaliação do risco de crédito dos mercados, podendo assim refletir alguma imprecisão, mas sublinha que “os problemas que são evidenciados são reais”.

No mesmo documento, a organização afirma que os riscos para a sustentabilidade financeira global aumentaram pela primeira vez em três anos, desde a edição de Setembro de 2008 deste relatório.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Crise da dívida na Zona Euro pode ter provocado perdas de 300 milhões de euros na banca europeia | © DR

2 comentários

  • Tudo está feito para a banca. Porque são eles que mandam em tudo. Um dia só haverá banqueiros. Felizmente todos metidos pela população mundial entre grades.
    GRANDEÁ-LOS? | 21.09.2011 | 18.47Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Coitadinhos!!!!! Que pena eu tenho deles. Maior desgosto, só quando o Benfica perde.
    Alberto Sousa | 21.09.2011 | 17.37Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE