PUBLICIDADE
Reportagem

Vinte anos depois, Cavaco regressa à Graciosa e troca impressões sobre sorriso das vacas e poda das anonas

21 | 09 | 2011   17.36H

Vinte anos depois, o Presidente da República voltou hoje à vila de Santa Cruz da Graciosa, num passeio onde se falou da poda de anonas, de vacas e dos tempos de Cavaco Silva no Banco de Portugal.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

“Tinha a recordação precisamente deste largo, um largo impressionante”, disse Cavaco Silva, no Largo Vasco da Gama, no caminho entre o edifício da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa e a Igreja Matriz, recordando a última vez que tinha estado nesta ilha do grupo central do arquipélago dos Açores, quando era primeiro-ministro.

Já à saída da Igreja Matriz, a conversa passou para a meteorologia, com o Presidente da República a comentar a forma repentina como o tempo muda ao longo do dia.

“Ontem eu reparava no sorriso das vacas, estavam satisfeitíssimas olhando para o pasto que começava a ficar verdejante”, contou Cavaco Silva.

Depois, já perto do Museu Municipal, foi tempo de recordar a época em que Cavaco Silva trabalhava no Banco de Portugal, quando foi abordado por um antigo ‘colega’, Leopoldo Vasconcelos Moniz, que há 20 anos deixou Lisboa e regressou “às origens” na Graciosa.

“Lembro-me de o ver a subir as escadas duas a duas, quando ia à administração”, relatou o agora agricultor de 87 anos, ‘especializado’ em anonas e abacates, com quem o Presidente da República aproveitou para trocar impressões sobre a poda das anonas.

“A poda é pouco sensível na anoneira, não é essencial”, explicou Leopoldo Vasconcelos Moniz, perante o olhar curioso de Cavaco Silva, que confessou fazer sempre a poda das anonas que tem no Algarve.

“Mas, este ano vou experimentar e não vou podar algumas”, adiantou o chefe de Estado.

Ainda antes do almoço, a comitiva presidencial passou pela Estação de Monitorização de Ensaios Nucleares.

À tarde, e depois de uma reunião com o Governo Regional dos Açores, Cavaco Silva terá ainda oportunidade de visitar alguns dos pontos mais turísticos da ilha Graciosa, nomeadamente as Termas do Carapacho e a Furna do Enxofre.

Saiba mais sobre:
Foto: José Sena Goulão/LUSA
Vinte anos depois, Cavaco regressa à Graciosa e troca impressões sobre sorriso das vacas e poda das  | © José Sena Goulão/LUSA

7 comentários

  • Só mais um bocadinho, já falta pouco ... para estar ao nível do "cabeça de vaca" Américo Tomáz.
    Alforreca política | 22.09.2011 | 11.22Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • “Ontem eu reparava no sorriso das vacas, estavam satisfeitíssimas olhando para o pasto que começava a ficar verdejante”, contou Cavaco Silva. Aqui temos uma prova, para podermos internar este espantalho. Finalmente.
    Raquel | 22.09.2011 | 10.36Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • As vacas riem... é pá, vocês não compreenderam Sua Excelência Que Nunca se Esquece E Raramente Se Engana...! Ele estava a referir-se ao queijo La Vache Qui Rit... porra!!! O gaijo já estava com fomeca e de tanto falar nas phodas das anonas, começou a sentir o desejo de comer um daqueles triangulos de queijo (muita bons, por acaso) da Vaca Que Ri... Vocês são uns maldosos em ordem a Sua Excelência...
    VaitePhoder | 21.09.2011 | 22.57Hver comentário denunciado
  • Que bem vivem estes. São como a Cicciolina, bom vencimento e melhor reforma. O Pagode gosta, tem o que merece, vêm a vaca rir.
    joao | 21.09.2011 | 20.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Ora bem . . . ! Vaca só ri . . . ! Com "malguinha" . . . ! ! !
    alexandre barreira | 21.09.2011 | 19.44Hver comentário denunciado
  • O homem do leme e do Óasis é o unico que consegue o que mais ninguém vê, o sorriso de uma vaca é algo que não sabia e nunca vi, julgo que ele começou a ver o sorriso delas quando eram loucas.
    tonel 1956 | 21.09.2011 | 19.23Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Embora viva no campo nunca consegui ver uma vaca a sorrir!......... Bem se calhar é por causa da minha miopia!.... Enfim, é o que temos. Uma múmia falante que às vezes pensa que tem graça.
    GV | 21.09.2011 | 18.46Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE