PUBLICIDADE
Líder dos Nirvana

Viúva de Kurt Cobain diz que "se ele voltasse tinha que o matar"

06 | 10 | 2011   21.00H

A viúva do mítico líder dos Nirvana revela em entrevista à revista Vanity Fair, divulgada pelo Blitz, que o músico se tentou matar três vezes e que teve, pelo menos, cinco overdoses.

Diz Courtney, que continua zangada com Kurt Cobain por este se ter suicidado. "Se ele voltasse agora eu tinha de o matar, por aquilo que ele nos fez. Eu matava-o. Primeiro f*-o e depois matava-o", disse a vocalista das Hole.

"Ele tentou matar-se três vezes", revelou Love antes de acrescentar que Cobain sofreu pelo menos cinco overdoses, forçando-a a andar com Narcan, um medicamento usado para combater overdose de opiáceos. "Eu era como os serviços de emergência médica”, acrescentou.

Sobre a relação com a filha, Frances Bean Cobain, Love mostrou-se arrependida de algumas coisas e disse que não mantém nenhuma relação com ela. "Nunca li para ela... Porque é que nunca a levei a um espectáculo da Broadway? Ela adorava aqueles musicais da Broadway".

A artista disse também que quando Cobain estava vivo o casal tinha problemas financeiros:

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Viúva de Kurt Cobain diz que "se ele voltasse tinha que o matar" | © DR

1 comentário

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE