PUBLICIDADE
Porto

Casa da Música e Câmara unem-se para levar a música aos mais desfavorecidos

22 | 11 | 2011   20.24H

A Câmara do Porto e a Casa da Música assinaram um contrato até 2014 que visa a inclusão social através da música, integrando "A Casa vai a Casa", que hoje teve uma mostra na Estação de S. Bento.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

No átrio da Estação de S. Bento os portuenses puderam hoje ver e ouvir o resultado do trabalho feito pelo grupo de monitores e de técnicos especializados com o Centro Social da Sé, a Obra Diocesana de Promoção Social e o Telefone da Esperança, no âmbito do projeto "a Casa vai a Casa".

Em declarações à Agência Lusa, a vereadora do Conhecimento e Coesão Social da Câmara do Porto, Guilhermina Rego, explicou que foi assinado um contrato plurianual (2011/2014), entre a autarquia e a Casa da Música, através do qual há um comprometimento da Casa da Música de desenvolver um conjunto de atividades com as instituições que a câmara identifica como sendo as que "se ajustam para cada um daqueles que são os projetos".

"A Câmara do Porto intervém identificando, através da Fundação Porto Social, um conjunto de instituições e grupos de crianças, jovens e seniores que possam desenvolver projetos continuados, de cariz social que se traduzem depois em visitas a determinados locais, em oficinas, em concertos de músicas", disse a vereadora.

Segundo Guilhermina Rego com o projeto "a Casa vai a Casa" consegue-se "um cruzamento entre aquelas instituições que ajudam, as que precisam de ser ajudadas e simultaneamente cria-se alguma autoestima em muitas daquelas que são as pessoas que estão envolvidas nestes projetos".

O diretor artístico da Casa da Música, António Jorge Pacheco, explicou que o projeto "é um dos segmentos da atividade do serviço educativo e compõe-se de um grupo de monitores e de técnicos que estão preparados para desenvolver projetos em várias comunidades".

"Não só queremos chamar as pessoas para que venham à Casa da Música e usufruam da oferta musical que nós temos mas também temos consciência que há muitas comunidades que têm imensa dificuldade em deslocar-se e portanto nós vamos ter com elas. A casa vai a casa das pessoas, levar música, levar uma atividade musical", explicou.

Saiba mais sobre:
Foto: Estela Silva/Lusa
Casa da Música e Câmara unem-se para levar a música aos mais desfavorecidos | © Estela Silva/Lusa

2 comentários

  • Acho muito bem que dêm música aos mais carenciados, os jovens querem-se manter ocupados..
    anónimo | 23.11.2011 | 14.04Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Hipocrisia em tempos de crise, ou de julgamento final?
    DEUS QUEIRA QUE NÃO | 22.11.2011 | 22.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE