Angola

Português morto a tiro em Luanda

23 | 11 | 2011   19.26H

Um português foi assassinado a tiro na terça-feira em Luanda, disse hoje à agência Lusa fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal.

A mesma fonte informou, sem adiantar mais pormenores, que o consulado português em Luanda está a prestar assistência à família e prepara a trasladação do corpo para Portugal.

A causa do crime ainda está a ser confirmada pelas autoridades, mas segundo disseram à Lusa fontes ligadas ao caso tudo indica que o português tenha sido assassinado durante um roubo na sua residência, na zona de Talatona, em Luanda.

No momento do crime, a vítima, um empresário radicado desde 1998 em Angola, estava acompanhada pela mulher e três filhos quando foi surpreendida e baleada por dois assaltantes, indicam as fontes ouvidas pela Lusa.

Este é o segundo homicídio que atinge em menos de um mês a comunidade portuguesa em Luanda.

No dia 06 de Novembro, um empresário português foi assassinado em Luanda com dois tiros no primeiro andar do prédio onde tinha escritório.

"Trata-se de um crime atípico porque não foram roubados valores", disse na altura à Lusa o comissário Carmo Neto, porta-voz da Polícia Nacional de Angola.

O empresário, José António Monteiro Gomes, tinha 82 anos e vivia em Angola há mais de 50.

Actualmente vivem cerca de 120 mil portugueses em Angola, a maior parte dos quais reside na área da capital.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Português morto a tiro em Luanda | © DR

5 comentários

  • Ninguém sabe o que está a dizer, vão viver para lá e depois digam alguma coisa!!!!!!!!!!!!!!!!!!! é só corrupção e violência, já para não falar em racismos violento. Escreve quem dabe e já sofreu na pele, mais não digo....................Amargurada
    anónimo | 24.11.2011 | 10.52Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • É verdade . . . ! Kimbombo e "malguinha" . . . ! Nunca combinaram . . . ! ! !
    alexandre barreira | 24.11.2011 | 07.02Hver comentário denunciado
  • Infelizmente, assassinos existem em todas as raças. Felizmente existe Autoridade em todos os Países.
    K se faça Justiça | 23.11.2011 | 23.49Hver comentário denunciado
  • se fosse na europa os jornalistas ja tinham chamado racistas aos assassinos , mas como é em africa deixam passar e esperam que os europeus baixem a cabeça !
    NACIONALISTA | 23.11.2011 | 23.09Hver comentário denunciado
  • Admito que seja uma questão de (calhaus...) Origem provavel; Lunda norte...?
    Vaidade... | 23.11.2011 | 20.15Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE