PUBLICIDADE
IPSS

Instituições geram emprego mesmo em altura de crise

07 | 12 | 2011   20.22H

O ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares, afirmou hoje que as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) são dinamizadoras da economia, lembrando os muitos empregos que são criados numa altura de crise.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

"As IPSS são essenciais e mesmo numa altura de crise são capazes de gerar postos de trabalho. São dinamizadoras da economia e o estímulo da economia social é muito importante", disse, durante uma visita ao Barreiro.

O ministro esteve hoje na Sociedade Democrática União Barreirense "Os Franceses" para a assinatura do contrato Pares, para uma creche para 66 crianças, entre os 4 e os 36 meses, que vai criar cerca de duas dezenas de novos postos de trabalho, num investimento de 800 mil euros.

"Existem concelhos em que as IPSS são os principais empregadores, logo a seguir às autarquias", disse.

O ministro referiu que fruto das dificuldades financeiras que o país enfrenta "não vai ser possível construir tanto".

Pedro Mota Soares afirmou que é preciso dinamizar a economia, mas lembrou a necessidade de existirem estruturas de acolhimento para as famílias.

"É muito difícil para os pais conseguirem encontrar um local para deixar as suas crianças e por isso é que uma das primeiras medidas do governo foi aumentar o número de vagas em creche", explicou.

Apesar de tudo, Pedro Mota Soares reconheceu que existem dificuldades e que é preciso trabalhar para sustentabilidade das IPSS, afirmando que o Fundo de Socorro Social foi capitalizado em 10 milhões de euros e que vai ser devolvido à sua génese: de ajudar as IPSS.

"No Orçamento do Estado aumentamos a verba para a ação social em 16 por cento, cerca de 254 milhões de euros, sinal da importância que tem", concluiu.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Instituições geram emprego mesmo em altura de crise | © DR

4 comentários

  • O sr Pedro Mota Soares ainda não percebeu que primeiro o país tem que criar riqueza e depois aplicá-la na criação de empregos. O sr Pedro não tem culpa pois basta ver o seu curriculum e rapidamente se verifica que a sua experiência real na chamda economia real é nula. De resto basta ver o curriculum de outros ministros e rápidamente se chega à mesma conclusão. Exemplos...o ministro da economia (verdadeira anedota) , ministra da agricultura (ridicula), etc.
    fsimoes | 08.12.2011 | 14.29Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Mais um demagogo. Porque será que temos de aturar a estupidez de alguns?? Agora andam com o voluntariado. Mais uma fraude, trabalho grátis.
    joao | 08.12.2011 | 14.19Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Desde que deixou de andar de Vespa e passou a andar de cu tremido num Audi de mais de OITENTA MIL EUROS que temos de pagar, foi no que deu... Sacana do vírus, não tem antídoto...
    CagoNisso | 07.12.2011 | 23.12Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Ó senhor Mota Soares, até determinada altura o senhor parecia - me algo diferente, mas nãoé igual aos restantes. Aconcelho - o a ir a uma reciclagem pode ainda ter alga mas muito pouco aproveitável.
    joaquim antónio rodrigues | 07.12.2011 | 21.45Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE