PUBLICIDADE

Meryl Streep torna-se na mulher mais velha na capa da Vogue americana, aos 62 anos

13 | 12 | 2011   19.08H

Maryl Streep é a pessoa mais velha de sempre a ser capa da Vogue americana, já na edição de Janeiro.

Destak | destak@destak.pt

A actriz, cuja aparição na edição de Janeiro será também a sua estreia na revista, brincou com a sua idade.

“Esta a brincar com as raparidas, antes”, disse Streep segundo reportou a ABC News, “e disse-lhes que era provavelmente a pessoa mais velha a aparecer numa capa da Vogue.”

E parece que é verdade. De acordo com o Huffington Post, Streep destronou a rapariga da capa de 2004, Priscilla Presley, na altura com 59 anos, que apareceu com a sua filha e neta.

A actriz diz à Vogue que pensou que a sua carreira tinha chegado a um fim há 20 anos atrás, quando foi chamada para fazer três papéis diferentes como bruxa e acreditou, na altura, que isso significava que mulheres acima de uma determinada idade eram “grotescas”.

“Acabou”, disse ao seu marido na altura.

Mas continuou a ter uma carreira de enorme sucesso, incluindo o seu papel como editora de uma revista tipo-Vogue no hit O Diabo veste Prada.

Meryl Streep tem também o recorde de maior número de nomeações de sempre, tendo sido nomeada para os Óscares 16 vezes.

Saiba mais sobre:
Foto: © Destak
Meryl Streep torna-se na mulher mais velha na capa da Vogue americana, aos 62 anos | © © Destak

1 comentário

  • E o que é que isto interessa? Ainda há dementes no mundo para quem coisas destas tenham interesse?
    NOS DIAS DE HOJE? | 13.12.2011 | 22.32Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE