PUBLICIDADE

Encontrado corpo do militar desaparecido no rio Zêzere

13 | 12 | 2011   20.14H

O corpo do militar que desapareceu hoje no rio Zêzere foi encontrado por uma equipa de mergulhadores cerca das 19:20, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

O militar, da Escola de Tropas Aerotransportadas de Tancos, desapareceu ao princípio da tarde de hoje, quando participava num exercício junto às margens do Rio Zêzere, no concelho de Vila Nova da Barquinha.

Saiba mais sobre:
Foto: Paulo Cunha/Lusa
Encontrado corpo do militar desaparecido no rio Zêzere | © Paulo Cunha/Lusa

7 comentários

  • camarada joao pedroso sirvo as forças armadas a 12 anos todos os exercicios militares tem de ter segunrança para os militares envolvidos, se envolve agua tem de ter mergulhadores ou alguem credenciado para isso e ainda uma ambulancia de serviço, o choque termico deve ser tomado em conta porque a agua estaria gelada de certeza, se os homens tavam quentes so o choque termico mata, voces ate podem afirmar que treino duro combate facil, sim senhor aprovo isso mas as regras de segurança tem de ser respeitadas e a meu ver, tambem nao sei todos os factos, mas eu dou formaçao militar a 10 anos, nao me parecem que foram cumpridas tem razao ao dizer que os acidentes acontecem mas os acidentes acontecem quando as regras de segurança nao sao cumpridas, nao estou a descridibilizar o exercito neste caso os paraquedistas, mas temos que ter o contexto da coisa nenhum militar se manda pra agua gelada sem ser mandado pricipalmente se ja tiver gelado e estar no terreno operacional a ja alguns dias, todos os militares estiveram nessa fase eu de certeza nao o faria sem ordens em contrario nem os meus pais que serviram o país o fizeram alem mar, portanto a culpa e de quem coordenava o exercicio em questao, a culpa recai sempre sobre ele,s nao usam os galoes so pra mandar a que assumir as responsabilidades, pode ate ter sido culpa do militar em questao pode nao ter cumprido as ordens enfim todo o militar sabe que estes casos sao muito bem abafados pelas suas intituiçoes de modo a nao descridibilizar as forças armadas, o camarada e de 72 sabe tao bem como eu que a maioria de os aciddentes nas guerras alem mar foram por descuido ainda hoje em dia se fala do incidente que envolveu um militar a exemplificar o mecanismo de detonaçao de uma mina anti carro em que se pos ao saltos em cima da mina pra exemplificar que o mecanismo de pressao aguentava o peso de uma pessoa sem detonar todo o militar sabe o que aconteceu esta historia ja e mais badalada nas FA ja as decadas isto so pra explicar que o erro e sempre da falta de segurança nos exercicios ate podem afirmar que os militares tem que ser duros e eu afirmo tambem isso mas existe uma diferença entre ser duro e ser burro uma pessoa ser dura e resolver uma situaçao ou ultrapassar dificuldades com o que tem ao seu dispor ser burro e ignorar tudo o que lhe foi ensinado ou poder fazer melhor e escolher nao o fazer isso e burrice.lamento a morte deste militar e espero que os responsaveis sejam apurados um abraçao para quem defendeu e para quem ainda defende este país.
    tiago dias | 15.12.2011 | 00.44Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O nome da Instituição e das Malguinhas pouco importa!!! O k realmente importa, é saber k se morre em treinos, quando não existem cenários de guerra com Portugal!!! Isto é k é triste!!! Tanta mania e excesso de zelo para kê?!?! Para se morrer sem dignidade e para satisfazer predicados de alguns graduados nas F.A. k não passam de mandantes!! Já bastam os sacrificios k se fazem quando é necessário!! Façam os gulosos k apenas estão lá para receber o guito e andam a passear a boina sem escrupulos e k de humano têm muito pouco!!! Vão trabalhar !!!
    Jorge Towers Lx | 14.12.2011 | 17.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Não há ninguem que mande o malguinhas à m...? Pq não aproveita para dar banho ao cão? Chiça que é chato e não passa disso. Não diz nada...só chateia.
    Justo | 14.12.2011 | 15.10Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O nome a aplicar a esta instituição será "ESCOLA DE TROPAS PÁRA-QUEDISTAS de TANCOS" e não como foi escrito.
    ACS | 14.12.2011 | 15.02Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Caro JP . . . ! As "malguinhas" . . . ! São assim mesmo . . . ! Adoram "rambos" . . . ! Ao "mata-bicho" . . . ! ! !
    alexandre barreira | 14.12.2011 | 07.02Hver comentário denunciado
  • Seu inteligente inculto, acidentes acontecem ate ao Rambos. Fui Rangers (Operacoes Especiais ) curso tirado em Lamego 1972 e no meu curso aconteceram acidentes e muito graves e nao eramos fracos nem cobardes,acidentes acontecem amigo, ate aos Rambos como o meu amigo.Uma pergunta , foi militar, por acaso?
    J.P. | 14.12.2011 | 02.15Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • TIREM OS MANIACOS DA TROPA,NEM TODOS SOMOS "RAMBOS"HA QUE HAVER RESPEITO PELOS FRACOS E COBARDES.
    JOSÉ PEDROSO | 13.12.2011 | 20.53Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE