Economia

População desempregada aumentou 65% em cinco anos

06 | 06 | 2008   15.17H

De acordo com a edição deste ano de O País em Números, a taxa de desemprego passou de cinco por cento, em 2002, para oito por cento, cinco anos depois.

Esta evolução, verificada nos últimos anos, começou a evidenciar uma tendência de inversão no 1.º trimestre deste ano, com a taxa de desemprego a situar-se nos 7,6%, menos 0,8 pontos percentuais que nos primeiros três meses de 2007.

Esta descida da taxa de desemprego, em termos homólogos, foi a mais acentuada desde 2000.

O INE destaca ainda que o aumento do desemprego afectou tanto os homens como as mulheres, apesar do desemprego atingir mais o sexo feminino (56%, em 2002, e 57%, em 2007).

No período analisado, o desemprego aumentou 68,8%, no caso das mulheres, e 62,1%, no caso dos homens.

Luis Miguel Mota | lmota@destak.pt

8 comentários

  • CONSELHO DO SÓCRATES, FILÓSOFO,POLÍTICO E INTELIGENTE, PARA UM SÓCRATES POLÍTICO E BURRO: "SÁBIO É AQUELE QUE CONHECE OS LIMITES DA PRPOPRIA IGNORANCIA.." DÚVIDA: SERÁ QUE O 2º. SÓCRATES COMPREENDE O QUE O 1º SÓCRATES QUIZ DIZER? SE NÃO SOUBER QUE PERGUNTE A QUALQUER PORTUGUÊS QUE ELE SABE.
    Zezinho das meiguices | 08.06.2008 | 11.15H
  • Porque é que o Sr. José Sócrates não vem reclamar os louros por este feito excepcional do seu governo? Só a palhaçada do Novas Oportunidades e outras mediocres reformas do ensino secundário para melhorar sem honra nem rigor nenhum os dados estatísticos da educação nacional, é que são façanhas deste governo? Só o equlíbrio orçamental à custa da riqueza dos portugueses que não vivem à custa do Estado é que é um feito deste governo? Só o rico e caro desfile de vaidades da presidência portuguesa da UE é que é uma marca deste governo?
    Miguel de Coimbra | 08.06.2008 | 02.13H
  • INFELIZMENTE NEM ESTES NUMEROS INCOMODAM O GOVERNO E O P.S,ATÉ 1 DIA!!!!
    viok | 07.06.2008 | 22.46H
  • Tomar nota: Manuel Pinho, Sócrates, etc, e comandita são incompetentes, filhos não sei de quem, falhados na vida, que foram salvos pela política portuguesa. Se fosse num país civilizado nem os cornos se lhes aproveitavam´...aqui neste bocado, têm pandeiros, bombos nas mãos de cobardes...Riem, gozam e o zé-povinho aceita e agradece a pancada...
    Um português sem querer | 06.06.2008 | 22.13H
  • E não tarda em chegar aos 100%com este governo.
    Zezinho das meiguices | 06.06.2008 | 22.00H
  • E se o governo continuar a desgovernar a incompetencia socrista, daqui até ao fim do mandato, faz com que a percentagem suba para 90%. E quem vier atrás que feche a porta...
    Zezinho das meiguices | 06.06.2008 | 21.13H
  • e os cento e tal mil empregos k o engenheiro criou? Ahhhh pois... ele não se convence com numeros.... é mal dos "engenheiros".....
    Hybrid-lettuce | 06.06.2008 | 17.33H
  • Isso não pode ser, o Sr. Ministro da Economia, Manuel Pinho, declarou há poucos meses que a crise já tinha passado. Não me conformo.
    anónimo | 06.06.2008 | 16.50H
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE