PUBLICIDADE
Chile

Autoridades descartam risco de tsunami e permitem regresso a casa de mais de 7.000 pessoas

26 | 03 | 2012   06.45H

As autoridades do Chile permitiram ao final da noite de domingo o regresso a casa das cerca de 7.000 pessoas retiradas das zonas costeiras do centro do país como medida de prevenção face ao risco de tsunami.

A evacuação das localidades costeiras da região de Maule foi decretada cerca de duas horas depois do sismo de magnitude 7,2 na escala de Richter por se terem observado alterações no nível do mar.

O risco de tsunami está agora descartado e o sismo causou apenas alguns feridos, de acordo com um primeiro balanço oficial.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE