Porto

Es.Col.A acusa polícias de destruir material da escola da Fontinha

19 | 04 | 2012   19.24H

O coletivo Es.Col.A acusou a Polícia de Segurança Pública e a Polícia Municipal de destruição de todo o material que se encontrava na escola da Fontinha, no Porto, na sequência da ação de despejo que hoje ocorreu.

Ivo Castelo, morador e também elemento do movimento, disse ainda ter sido agredido pelos polícias.

Fonte oficial da PSP do Porto disse que, para além das três detenções ocorridas hoje de manhã, duas por injúrias e uma por agressão, não foi reportada qualquer outra ocorrência relacionada com o caso, com exceção ao indivíduo que, "supostamente", se terá tentado imolar.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
Foto: PEDRO GRANADEIRO_lusa
Es.Col.A acusa polícias de destruir material da escola da Fontinha | © PEDRO GRANADEIRO_lusa

3 comentários

  • Banco de desocupados que se escondem por detrás de "desculpas sociais" para não fazerem nada. Bando de desordeiros sem qualquer utilidade que não seja alimentar a sua preguiça, mesmo que para tal tenham de desobedecer à justiça e tentar ser melhor do que os outros. Escumalha, pura e simples.
    anti-preguiça | 23.04.2012 | 18.08Hver comentário denunciado
  • E, as "malguinhas" . . . ! Rejubilam em "êxtase" . . . ! ! !
    alexandre barreira | 23.04.2012 | 06.46Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Pode haver economia paralela... Sabe-se... Mas politica paralela é só para dar em mer...DA. Acabe-se com esta (dente de cão...?)
    Es+pigados | 19.04.2012 | 22.15Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE