Espanha

PM "satisfeito" com apoio maioritário ao OE, admite que efeitos não se sentirão a curto prazo

25 | 04 | 2012   11.17H

O chefe do Governo espanhol, Mariano Rajoy, declarou-se hoje satisfeito pelo chumbo maioritário no parlamento às propostas de emenda ao Orçamento de Estado, admitindo que os efeitos das medidas não se sentirão a curto prazo.

"A situação económica é muito difícil e num momento como o que vivemos necessitamos de um governo forte com o apoio adequado no parlamento para avançar nas suas políticas", disse Rajoy, em curtas declarações aos jornalistas no Congresso de Deputados.

"O OE insere-se em medidas difíceis e duras que não agradam mas que sem qualquer dúvida nos levarão à recuperação economia", sublinhou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE