PUBLICIDADE
Actualidade

Al-Qaida alega libertar refém britânico se Londres extraditar imã radical

30 | 04 | 2012   05.50H

A AL-Qaida no Magreb Islâmico (Aqmi) afirmou no domingo estar preparada para libertar um refém britânico se Londres aceitar extraditar o imã radical Abou Qatada "Al-Filistini" para um país à sua escolha.

Em comunicado divulgado através de fóruns islamitas, a Aqmi garante que libertará Stephen Malcom, britânico que tem também nacionalidade sul-africana e foi raptado em novembro do ano passado no Mali, se o Reino Unido extraditar "Al-Filistini" ("O Palestiniano"), revelou o centro americano de monitorização dos sítios islâmicos na Internet (SITE).

PNE.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE