Israel

Pai do PM morreu aos 102 anos

30 | 04 | 2012   06.56H

Benzion Netanyahu, historiador, ativista sionista e pai do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, morreu hoje aos 102 anos na sua casa em Jerusalém, informou o gabinete do chefe do Executivo israelita.

Nascido em Varsóvia, na Polónia, Netanyahu era um seguidor devoto do líder do revisionismo sionista Zeev Jabotinsky, que defendia a força militar judaica e o estabelecimento de um Estado judeu nos dois lados do rio Jordão. Netanyahu foi assessor de Jabotinsky até à sua morte, em 1940.

O pai do atual primeiro-ministro israelita publicou depois obras judaicas de direita e fez um doutoramento em história na universidade Dropsie, em Filadélfia, nos Estados Unidos. Ensinou história judaica e literatura hebraica na Universidade de Denver e de Cornell.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE