Colômbia

Exército detém três alegados membros das FARC no Equador

12 | 05 | 2012   05.20H

O exército do Equador deteve na sexta-feira três presumíveis integrantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), numa operação desenvolvida na província amazónica de Orellana (no nordeste), próxima da fronteira com a Colômbia.

Um dos detidos é o colombiano Jhon Alexis Mendoza Otavo, conhecido como "Fredemiro", que alegadamente é o chefe das finanças do denominado "Frente 48" das FARC e era alvo de uma ordem de captura, precisou o Comando Conjunto das Forças Armadas do Equador, em comunicado.

Também foram detidos os colombianos Luis Alberto Mendoza Otavo e Cristian Jhonal Grueso Quiñónez, alegados membros das FARC.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE