Transportes/Lisboa

Greve parcial no metro com adesão próxima dos 100% - Sindicato

17 | 05 | 2012   08.01H

A greve dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa conta hoje com uma adesão próxima dos 100 por cento, disse à agência Lusa o sindicalista Paulo Machado, da Federação de Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS).

"O Metro está totalmente encerrado. Os trabalhadores da área da exploração que deviam ter entrado neste turno não o fizeram e as estações estão todas encerradas", afirmou o dirigente sindical.

A FECTRANS convocou uma greve parcial para hoje e para o dia 22 de maio, no período entre as 05:30 e as 10:00, para os trabalhadores em geral e das 08:00 às 12:00 para os trabalhadores administrativos, apoio e técnicos superiores.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

7 comentários

  • I value the blog article.Really looking forward to read more. Cool. cheap cool greys 11
    cheap cool greys 11 | 12.10.2012 | 17.57Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Thanks again for the article post.Really thank you! url http://www.realairjordans.com/
    url | 09.10.2012 | 17.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Really enjoyed this blog article.Really looking forward to read more. Cool. authentic jordan shoes
    authentic jordan shoes | 08.10.2012 | 09.35Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Muchos Gracias for your article.Really looking forward to read more. Really Great. HomePage
    HomePage | 08.10.2012 | 03.49Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • I truly appreciate this blog. Cool. nice kick
    nice kick | 06.10.2012 | 14.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Tens toda a razão Candido, a solução destas palhaçadas é vender mesmo os transportes a privados e o estado ficar com a supervisão (séria). Estes gajos ganham muito acima da média com todas as ajudas, subsidios, extras...e por aí fora e só se sabem lamentar quando quem lhes paga, e ganha menos, tem que ficar apeado só pelas palhaçadas deles,
    anti-palhaços | 21.05.2012 | 19.01Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Deviam ser todos despedidos e vender a privados que contratassem quem quisesse. É indmissível que, dando prejuízo e havendo tantos desempregados, andem a brincar com o povo. Que vão fazer greves para Cuba ou Coreia do Norte, pois lá não há desempregados (julgo eu)...
    Cândido Morais | 18.05.2012 | 22.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE