PUBLICIDADE
Agricultura

Especialista defende Banco de Terras acompanhado de linha de crédito de longo prazo

25 | 05 | 2012   17.20H

O consultor e autor da petição pública criada há dois anos reivindicando um banco de terras nacional, José Martino, defende a criação de uma linha de crédito para financiar jovens agricultores que queiram aderir ao programa.

Em declarações à Agência Lusa, este especialista admitiu "curiosidade" em ver o debate que o novo projeto, aprovado em Conselho de Ministros, suscitará na Assembleia da República, mas desde já defende que este Banco de Terras devia ser "melhorado".

"Devia ser criada, para complementar o Banco de Terras, uma linha de crédito, tipo crédito à habitação, para financiar os jovens agricultores que quisessem adquirir ou arrendar as terras disponíveis nessa bolsa", defendeu José Martino, apontando um prazo de vigência destes empréstimos, a conceder pela Caixa Geral de Depósitos, de 20 a 40 anos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE