Educação

Professores questionam avaliação de Novas Oportunidades associada à "empregabilidade"

26 | 05 | 2012   16.52H

O Sindicato dos Professores do Norte desconfia das intenções do Governo ao não esperar pelo estudo de Roberto Carneiro sobre as Novas Oportunidades, optando por dar relevo um outro estudo que liga o programa à empregabilidade.

Segundo Carlos Midões, daquele sindicato, o último estudo apresentado recentemente pelo Governo "parece uma coisa um bocado encomendada para demonstrar que a empregabilidade não está a ter tanto sucesso com este modelo" das Novas Oportunidades.

"O governo pretende ligar a dificuldade que estas pessoas que frequentaram este tipo de modelo tiveram na obtenção de emprego quando há uma crise de emprego e um aumento do desemprego permanente", afirmou o dirigente do sindicato que, no âmbito das comemorações do seu 30º aniversário, organizou um seminário sobre "as políticas europeias para a educação e formação de adultos e sua implementação em Portugal", nomeadamente através das Novas oportunidades.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE