PUBLICIDADE
Inovação

Investigadores portugueses criam "outdoors" biodegradáveis em nome da lei e do ambiente

06 | 06 | 2012   11.18H

Investigadores das universidades do Minho (UMinho) e Fernando Pessoa (UFP) desenvolveram "outdoors" biodegradáveis, feitos à base de fibras de soja, milho e bambu, um projeto pioneiro que visa a proteção ambiental, foi hoje anunciado.

O projeto está a ser alvo de patente e conta com apoio de empresas nacionais e internacionais.

Segundo os investigadores, esta inovação surge 24 anos após a Lei 97/88, que proíbe o uso de materiais não biodegradáveis para publicidade, "mas que, na verdade, não está a ser cumprida".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE