Primavera Sound

A noite em que todo o amor de Portugal se concentrou no Porto

09 | 06 | 2012   04.52H

Na segunda noite de Primavera Sound, o Porto foi o local onde se concentrou "todo o amor de Portugal", de acordo com o vocalista dos Flaming Lips, que protagonizaram um dos melhores concertos do evento.

Já conhecidos dos palcos de festivais nacionais, os Flaming Lips trouxeram ao Parque da Cidade, pouco depois de anoitecer na sexta-feira, uma autêntica festa para o público, desde os tradicionais confetes a espetáculos de luzes concentrados em duas mãos gigantes, passando pela caminhada do vocalista Wayne Coyne sobre o público dentro de uma bolha insuflável, por entre temas como "The Yeah Yeah Yeah Song" ou a final "Do You Realize?".

Numa sexta-feira que se apresentou soalheira, ainda que fresca, o Optimus Primavera Sound contou com 22.800 entradas, segundo números da organização às 23:00, acima dos 20.750 registados no primeiro dia.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE