PUBLICIDADE
China

Tribunal rejeita recurso de Ai Weiwei contra multa por alegada evasão fiscal

20 | 07 | 2012   05.38H

Um tribunal de Pequim rejeitou hoje um recurso do artista e dissidente chinês Ai Weiwei contra uma multa de 15 milhões de yuan (1,7 milhões de euro) por alegada evasão fiscal, anunciou a sua defesa.

Ai Weiwei, que esteve detido três meses no ano passado, não foi autorizado a assistir à audiência do tribunal de Chaoyang.

"Hoje estou novamente confinado à minha casa. As autoridades não me autorizam a ir ao tribunal", anunciou o artista de 54 anos numa mensagem divulgada no Twitter.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE