PUBLICIDADE
Filipinas

16 mortos em confrontos entre o exército e militantes do grupo Abu Sayyaf

27 | 07 | 2012   04.13H

Confrontos entre o exército das Filipinas e militantes do grupo extremista Abu Sayyaf com ligações à al-Qaida causaram a morte de 12 soldados e quatro rebeldes no sul do país na quinta-feira, informaram hoje os militares.

A violência despoletou quando soldados atacaram um acampamento do grupo Abu Sayyaf numa localidade da ilha de Basilan, tendo resultado na morte de oito soldados do governo e quatro rebeldes.

Outros quatro soldados morreram quando seguiam a caminho do local dos confrontos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE