PUBLICIDADE
Mongólia

Ex-presidente condenado a quatro anos de prisão por corrupção

03 | 08 | 2012   06.28H

O antigo presidente da Mongólia Nambar Enkhbayar foi condenado a quatro anos de prisão por corrupção, sentença que o responsável considera ser politicamente motivada.

Enkhbayar, de 54 anos, que foi primeiro-ministro e depois presidente da Mongólia durante quase uma década e até 2009, foi detido em abril numa operação que contou com transmissão televisiva em direto.

Na quinta-feira foi considerado culpado pelo tribunal de se ter apropriado de presentes destinados a um mosteiro, a par de outras acusações de corrupção, numa audiência que foi também transmitida pela televisão nacional.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE