PUBLICIDADE
10.º romance

Rodrigues dos Santos lança 'A Mão do Diabo'

18 | 10 | 2012   16.20H

‘A Mão de Diabo’ – obra apresentada no dia 20, quando forem 17h00, na Sociedade de Geografia de Lisboa – é já o décimo romance de José Rodrigues dos Santos.

Vera Valadas Ferreira | vferreira@destak.pt

O popular autor da editora Gradiva, que é simultaneamente um dos rostos mais emblemáticos da área da Informação na estação de televisão pública, já vendeu mais de um milhão de exemplares em todo o mundo e está publicado em dezoito línguas.

A nova proposta literária de Rodrigues dos Santos será apresentada pelo fiscalista Henrique Medina Carreira, que foi ministro das Finanças há mais de 30 anos. Desta feita o jornalista de 48 anos não fala de assuntos divinos, guerra ou terrorismo, mas sim das causas e consequências de uma crise económica que não é meramente ficção.

«Este livro abre os olhos para a realidade», explicou José Rodrigues dos Santos em entrevista exclusiva à revista Visão. No romance que se estende por 562 páginas, o historiador Tomás de Noronha é de novo o anti-herói da história cuja acção arranca em plenos tumultos gregos contra a austeridade. «Os culpados andam todos por aí», diz o autor.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Rodrigues dos Santos lança 'A Mão do Diabo' | © DR

4 comentários

  • Estou a começar a ler este novo livro e já vou na pagina 250. Acho muito interessante o tema abordado pois e muito actual .Ja li outros livros seus e sou seu fã . Quero no entanto fazer uma pequena observação .....os nomes masculinos em grego acabam sempre e invariávelmente em plural pelo que o nome de Markopoulous esta incorrecto .Trata-se dum muito pequeno pormenor que não tira de forma alguma qualidade ao livro. parabéns e obrigado.
    Jorge Trindade | 30.10.2012 | 20.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Em portugal qualquer badamer da pode escrever livros,que mer da de país
    Escritor de merd a | 20.10.2012 | 07.04Hver comentário denunciado
  • Ou seja a "A Mão do Pinto da Costa"
    Teixeira - Gondomar | 19.10.2012 | 18.18Hver comentário denunciado
  • "Os culpados andam todos por aí",diz o Zé.O pior é que sabemos quem são e não queremos saber de nada,digo eu.Não se pede vingança.Não se pede o retorno do saque, porque se esfumou nos labirintos das galerias da Internet.Queremos justiça,para prevenir situações futuras.Que pensem bem,antes de abocanhar.
    Dos Santos | 19.10.2012 | 12.15Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE