Teste | Honda

Honda Civic com motor a gasolina que tenta 'parecer' a gasóleo

16 | 01 | 2013   21.20H

Testámos o novo Honda Civic com o motor a gasolina mais atrativo para Portugal.

João Tomé | jtome@destak.pt

A nipónica Honda há vários anos que prefere gasolina a gasóleo. Quando lançou o novo Honda Civic, a aposta inicial voltou a ser motores a gasolina. E se em Portugal isso nem sempre é bem visto, o mais recente motor 1.4 procura satisfazer mesmo o português habituado aos Diesel.

Entretanto este ano surgiu já o motor 1.6 litros a gasóleo, mas o 1.4 que testámos tem à partida uma grande vantagem que pesa em tempos de crise, o preço – começa nos 20 mil euros, enquanto o Diesel custa a partir de 24 mil.

Conduzimos o muito confortável, fácil de guiar e cheio de qualidade interior Civic com um motor mais indicado para a cidade e para poucas pressas. É um carro para um andamento tranquilo, que não tem muita força (100 cv) e isso sente-se quando “puxamos” mais por ele e o esforço passa a ser óbvio.

O consumo é razoável quando vamos sem pressa. É possível fazer 6l/100 km. Apesar de não ter um consumo tão bom quanto um Diesel, a diferença é pequena.

POSITIVO - Preço e qualidade Num Civic com muita qualidade interior, conforto e pouco ruídos parasitas, o preço do motor a gasolina é muito atrativo: desde 20 mil euros.

NEGATIVO - Motor Não tem a força nem o consumo que a maioria está habituada num Diesel em Portugal, mas chega perfeitamente para quem não anda sempre com pressa.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Honda Civic com motor a gasolina que tenta 'parecer' a gasóleo | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE