PUBLICIDADE
Actualidade

Passar fome melhora a memória, indica estudo de cientistas japoneses

25 | 01 | 2013   04.40H

Passar fome melhora o resultado da memória, segundo um estudo realizado com moscas da fruta encetado por cientistas japoneses e peritos do Instituto Metropolitano de Ciências Médicas de Tóquio.

Os testes, realizados com dois grupos de moscas, um sem ser alimentado e outro com alimento, demonstrou que a fome desperta uma hormona que reduz o açúcar no organismo e ativa uma proteína no cérebro capaz de melhorar a memória, revela uma notícia da cadeia NHK.

Os resultados, que segundo a equipa podem ser extrapolados para os seres humanos já que contam com a mesma proteína no cérebro também revelaram que nos casos em que as moscas passaram até 20 horas sem comer, o resultado é inverso e resulta numa redução da memória.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Boa malha. Este estudo deve fazer pensar os nossos governantes, já que com a fome que graça em Portugal, pode dar que os cidadãos recordem o quanto teem sido expoliados ,e, desta vez não votem mesmo.
    Gualter | 25.01.2013 | 13.45Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE