PUBLICIDADE
Actualidade

Metade dos presos em greve de fome em Guantánamo alimentada à força -- advogado

24 | 04 | 2013   04.08H

Carlos Warner, advogado defensor de vários presos que estão em greve de fome em Guantánamo, disse à Efe que metade dos grevistas estão a ser forçada a comer.

Dados oficiais do Pentágono indicam que metade dos 166 presos está em greve de fome, enquanto o advogado assegura que o número ascende a 130 indivíduos.

Os números sobre os presos que estão a ser alimentados forçadamente também não coincidem, já que um porta-voz da base naval, Samuel House, assegurou que apenas 16 estão a receber líquidos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE