PUBLICIDADE
Sismo/China

Quatro dias depois, balanço sobe para mais de 200 mortos e desaparecidos

24 | 04 | 2013   06.29H

Quatro dias depois do sismo de 7 graus de magnitude em YaAn, na província de Sichuan, sudoeste da China, o número confirmado de mortos subiu para 193 e 25 pessoas continuavam desaparecidas, disse hoje a imprensa oficial.

Entretanto, registaram-se mais de 4.000 réplicas, quatro das quais acima dos cinco graus na escala de Richter, indicou a agência sismológica chinesa.

O número de feridos excede os 12.000, cerca de 1.000 dos quais considerados graves.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE