PUBLICIDADE
Actualidade

Propostas do Ministério da Educação são "um ponto de partida" - FNE

24 | 06 | 2013   22.56H

O presidente da Federação Nacional de Educação (FNE) admitiu hoje que as propostas do Ministério da Educação para os professores "são um ponto de partida para continuar o trabalho e apostar na convergência".

Sem revelar o teor do documento, à saída da demorada reunião que manteve no Ministério da Educação, João Dias da Silva disse que as propostas "contêm alguns aspetos que significam alterações" em matérias como a mobilidade interna dos professores.

João Dias da Silva disse que "o documento não corresponde à totalidade das pretensões da FNE e que em alguns pontos se distancia das posições da organização sindical".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE