PUBLICIDADE
Actualidade

Detidos quatro diretores da farmacêutica GSK na China por alegados crimes económicos

15 | 07 | 2013   06.31H

A polícia chinesa deteve quatro diretores da filial no país asiático da farmacêutica britânica GlaxoSmithKline (GSK), suspeitos de terem levado a cabo crimes económicos, informou hoje a agência oficial Xinhua.

Os detidos são o vice-presidente e diretor de operações da GSK, Liang Hong, diretor de recursos humanos, Zhang Guaowei, diretor de assuntos jurídicos, Zhao Hongyan, e encarregado do desenvolvimento do negócio, Huang Hong, indicou a equipa de investigação.

A Xinhua não referiu há quanto tempo os responsáveis estão sob custódia policial.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE