PUBLICIDADE
Solidariedade

Este Natal não faltam palavras

09 | 12 | 2008   08.53H

«Este Natal não fique sem palavras» é o mote da campanha solidária promovida na presente quadra natalícia pela Roche, numa tradição solidária que já dura há cinco anos.

Desta feita é lançado o desafio a milhares de pessoas, para que enviem um postal de Boas Festas à Associação Acreditar com uma palavra à sua escolha, mais tarde incluída naquele que pretende ser «o mais belo conto de Natal».

Para além do seu significado semântico, cada palavra terá um valor acrescido, já que a Roche fará o donativo de um euro à Associação Acreditar por cada postal recebido. As receitas reverterão para a construção de uma Casa desta instituição na cidade de Coimbra.

Numa segunda fase desta iniciativa, a jornalista Fernanda Freitas moldará todas as palavras recebidas de modo a criar aquele que será, provavelmente, o Conto de Natal escrito pelo maior número de pessoas em todo o mundo.

Andreia Diniz, Isaac Alfaiate, Mariana Monteiro, Paulo Vintém, Pedro Couceiro, Sónia Brazão, Rubim e Mónica, Matilde Alçada, Mónica Santos e Maria Lopes (Morangos com Açúcar) foram algumas das figuras públicas que não quiseram perder a oportunidade de se associar a este projecto.

A Acreditar - Instituição Particular de Solidariedade Social que pretende ajudar as crianças e as respectivas famílias a superar o diagnóstico do cancro, contribuindo para fomentar a esperança - é este ano o alvo da política de responsabilidade social da empresa farmacêutica Roche.

Em anos anteriores, a solidariedade reverteu para instituições como a AMI, a Laço, a Liga Portuguesa Contra o Cancro e a Sol.

Vera Valadas Ferreira | vferreira@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE