Metropolitano

Deco quer compensar passageiros afetados por greves com dias extra

16 | 01 | 2014   17.06H

A associação de defesa do consumidor Deco defendeu hoje que as empresas de transportes devem compensar os clientes afetados por greves prolongadas, alargando o período do passe mensal em função do número de dias da paralisação.

O secretário-geral da Deco, Jorge Morgado, sublinhou que o objetivo não é pôr em causa o "inalienável direito à greve", mas sim garantir que os consumidores não são duplamente penalizados com a falta de transporte e a perda do dinheiro que já pagaram pela prestação daquele serviço ao adquirirem um passe de 30 dias.

"Neste tipo de greves o que acontece é que os cidadãos já pagaram antecipadamente o seu transporte mensal", ou seja, já "depositaram na empresa o seu pagamento de transportes o que quer dizer que a gestão da empresa já conta com esse dinheiro antecipadamente", explicou, acrescentando que "a paragem dos transportes, o que faz, é diminuir as despesas da empresa"

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
Foto: Miguel A. Lopes / LUSA
Deco quer compensar passageiros afetados por greves com dias extra | © Miguel A. Lopes / LUSA

2 comentários

  • Isso sim é falar... claro que os imbecis que compõem os sindicatos nunca lhe passaria tal ideia genial pela cabeça até porque... (como se faz noutros paises da uniao europeia, os utentes afectados são reembolsados)... eles têm de defender a classe que lhes paga o ordenado, né???
    LUCIA-LIMA | 16.01.2014 | 18.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Olha "filho" . . . ! Não sei se . . . ! Num país . . . ! De "malguinhas" . . . ! Será possível . . . ! Aplicar essa "norma" . . . ! ! !
    alexandre barreira | 16.01.2014 | 17.15Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE