PUBLICIDADE
China

Familiares de dirigentes chineses alegadamente envolvidos em paraísos fiscais

22 | 01 | 2014   12.00H

O Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação vai publicar na quinta-feira os nomes de 37 mil cidadãos chineses que têm ativos em paraísos fiscais, entre os quais familiares de dirigentes políticos de Pequim, anunciou hoje a organização.

O Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ na sigla em inglês), com sede na capital dos Estados Unidos, já publicou anteriormente informações sobe o uso de paraísos fiscais com base em mais de dois milhões de documentos de duas empresas de serviços financeiros das Ilhas Virgens Britânicas, nas Caraíbas.

"Apesar de termos publicado pela primeira vez informações sobre paraísos fiscais em junho de 2013, decidimos não revelar os detalhes sobre a China, Hong Kong e Taiwan até terminarmos a investigação", refere hoje o site do ICIJ.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE