Parlamento Europeu

Eurodeputados aprovam reforço dos direitos dos consumidores em viagens organizadas pela Internet

12 | 03 | 2014   16.46H

O Parlamento Europeu aprovou hoje um reforço dos direitos dos consumidores em viagens organizadas pela Internet, que obriga o operador a repatriar clientes em caso de falência, a prestar assistência e a aceitar rescisões caso surjam alterações.

Esta revisão da diretiva sobre as viagens organizadas, que data de 1990, foi aprovada por esmagadora maioria (610 votos a favor) e visa "adaptar a legislação à era digital e garantir direitos mais claros para o consumidor, como o direito de ser repatriado para o seu país no caso de o operador turístico abrir falência e de receber assistência se algo correr mal durante as férias".

"Os cidadãos têm um papel cada vez mais ativo na adaptação das férias às suas necessidades específicas, recorrendo à Internet para combinar vários elementos em vez de escolherem viagens previamente organizadas em brochuras, como era habitual na década de 90", refere o Parlamento Europeu.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE