PUBLICIDADE
Actualidade

Consumidores deixam de ter um limite de mudanças de fornecedor de gás

14 | 03 | 2014   06.00H

Os consumidores vão poder trocar de fornecedor de gás natural as vezes que quiserem, um processo que terá um prazo máximo de três semanas para estar concretizado, segundo a proposta regulatória da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

A proposta, que será apresentada aos comercializadores e aos operadores de rede, elimina o número limite anual de quatro mudanças de comercializador por consumidor, à semelhança do que já foi feito para o setor elétrico, e fixa em três semanas o prazo máximo para a concretização da mudança de fornecedor.

Os consumidores passam ainda a poder designar uma data preferencial para a mudança de fornecedor, o que permite, através da respetiva coordenação de datas pelo fornecedor, proceder à mudança de comercializador numa mesma data para a eletricidade e para o gás natural.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE