Média

Um tibetano imolou-se em protesto contra política chinesa no Tibete

16 | 04 | 2014   05.52H

Um tibetano morreu depois de se imolar terça-feira na China como forma de protesto à "política chinesa", revelou a imprensa internacional e grupos de Direitos Humanos.

Thinleu Namgyalo, de 32 anos, morreu pouco depois de se ter autoimolado no distrito de Kardze, na província de Sichuan, de acordo com os representantes oficiais do grupo "Free Tibet" e Radio Free Asia (RFA).

Namgyalo, o filho mais novo de uma família de agricultores, imolou-se "em protesto contra a política chinesa", sublinhou o grupo RFA citando um morador local.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE