PUBLICIDADE
Espaço

Rússia sem intenção de manter Estação Espacial Internacional após 2020

13 | 05 | 2014   17.10H

A Rússia recusa prolongar o uso da Estação Espacial Internacional (EEI) após 2020, como propõem os Estados Unidos, anunciou hoje o vice-primeiro-ministro russo, Dmitri Rogozin.

"Precisamos da EEI até 2020. Depois de 2020, gostaríamos de canalizar estes recursos para projetos espaciais mais promissores", disse Rogozin, citado pelas agências russas.

As agências espaciais russa e norte-americana, Roscosmos e Nasa, respetivamente, e a europeia (ESA) acordaram prolongar pelo menos até 2020 a atividade da plataforma orbital, que conta com a participação de um total de 16 países.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE