PUBLICIDADE
Guiné Equatorial

Governo e portugueses no país reclamam embaixada de Portugal

22 | 07 | 2014   07.01H

A criação de uma embaixada de Portugal em Malabo, capital da Guiné Equatorial, é reclamada por empresários portugueses no país e por representantes do governo equato-guineense.

"Nós precisamos de uma embaixada de Portugal em Malabo porque os nossos cidadãos estão a descobrir Portugal" e é preciso "ir até São Tomé para obter o visto" de entrada, disse à agência Lusa Cristina Abeso Mangue, embaixadora para a Lusofonia.

"Se Portugal abrir uma embaixada aqui vai facilitar muito a nossa ida a Portugal e descobrir o que o vosso país tem para oferecer", explicou a embaixadora da Guiné Equatorial, que tem uma representação em Lisboa desde 2013.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE