PUBLICIDADE
OIM

Mais de 4.000 imigrantes ilegais morreram desde janeiro

29 | 09 | 2014   14.30H

Mais de 4.000 imigrantes ilegais morreram desde janeiro último, dos quais dois quartos perderam a vida a tentar a atravessar o mar Mediterrâneo, revelou hoje um relatório da Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Desde o início do ano, a OIM registou, em todo o mundo, 4.077 imigrantes ilegais mortos, incluindo 3.072 pessoas que morreram quando tentavam atravessar o mar Mediterrâneo e alcançar as costas europeias.

As mortes registadas na zona do Mediterrâneo representam mais do dobro do número registado em 2011, ano da Primavera Árabe, a vaga de contestação popular que atravessou vários países do norte de África e do Médio Oriente.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE