Barroso/10 anos

Durão "orgulhoso" pelos mandatos nos "tempos mais difíceis" da UE

28 | 10 | 2014   08.00H

José Manuel Durão Barroso afirma-se "orgulhoso" pelo trabalho feito nos últimos 10 anos à frente da Comissão Europeia, sublinhando que exerceu o cargo nos "tempos mais difíceis da história" da União Europeia, com várias crises de diferente natureza.

"O anterior comissário responsável pelas Relações Externas, Chris Patten, descreveu a missão do presidente da Comissão Europeia como 'a função mais difícil de desempenhar em todo o mundo ocidental9. Após 10 anos no posto, acho que posso concordar com esta afirmação", declarou Durão Barroso, num testemunho escrito divulgado por ocasião da sua despedida perante o Parlamento Europeu, em Estrasburgo.

Num encontro de despedida com jornalistas portugueses em Bruxelas, o antigo primeiro-ministro apontou que enfrentou crises desde o início do primeiro mandato: começou por ter de lidar com uma crise política e institucional aberta pela não ratificação do Tratado Constitucional, seguiu-se a grave crise financeira e da dívida soberana que afetou muito em particular a União Europeia e a zona euro, e terminou com "uma das mais graves crises" a nível de política externa e segurança desde a "guerra fria", provocada pelas posições da Rússia no conflito com a Ucrânia.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
Foto: Bruno Simão
Durão "orgulhoso" pelos mandatos nos "tempos mais difíceis" da UE | © Bruno Simão

3 comentários

  • Parece-me que a fortuna que ele vai receber é para uma familia não necessitada "a familia dele"
    É UM GULOSO | 28.10.2014 | 13.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Tempos difíceis para ele? Ou para os portugueses, e restantes europeus, que viram as suas vidas destroçadas, pela austeridade imposta! Desafio este individuo, a doar, a Instituições de caridade honestas, o que vai receber da UE, como forma de minorar, a fome a milhares de crianças, já para não falar dos adultos desempregados, que tiram da sua boca para dar aos filhos. Então poderá sentir-se "orgulhoso" do dever cumprido.
    Alberto Sousa | 28.10.2014 | 12.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Mai um que vai escrever um livro!
    Excondenado | 28.10.2014 | 11.48Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE