Actualidade

Pyongyang avisa UE das "consequências" de levar o país ao Tribunal Penal Internacional

31 | 10 | 2014   04.35H

A Coreia do Norte alertou para "consequências imprevisíveis" caso a União Europeia (UE) apresente à Assembleia Geral da ONU uma resolução para levar o país ao Tribunal Penal Internacional, por abusos de direitos humanos.

A UE "perderá para sempre a oportunidade de discutir com a Coreia do Norte" o tema dos direitos humanos e vão verificar-se "consequências imprevisíveis", indicou a agência de notícias estatal norte-coreana, em comunicado.

A UE está a preparar uma resolução para o comité dos direitos humanos da Assembleia Geral da ONU sobre os abusos do regime de Pyongyang, com o objetivo que estes sejam remetidos para o Tribunal Penal Internacional.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE