Hong Kong

Manifestantes planeiam viajar até Pequim

31 | 10 | 2014   05.51H

Os manifestantes pró-democracia de Hong Kong estão a considerar viajar até Pequim para apelar diretamente ao Governo Central, numa altura em que a capital chinesa acolhe uma cimeira onde vão comparecer Barack Obama e outros líderes mundiais.

Há mais de um mês que os manifestantes ocupam as ruas da cidade, pedindo eleições livres para o sufrágio de 2017 no qual será escolhido o próximo líder do governo de Hong Kong.

Pequim rejeitou o pedido dos pró-democratas, feito a 31 de agosto, para que os candidatos não tenham de ser pré-selecionados por uma comissão de número restrito, uma imposição vista como uma forma de o Governo Central controlar os resultados das eleições.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE