Indonésia

Ativistas exigem fim de testes de virgindade a candidatas a polícia na Indonésia

18 | 11 | 2014   11.03H

A Human Rights Watch (HRW) apelou hoje à polícia nacional da Indonésia para acabar com os testes de virgindade às mulheres candidatas a integrar aquela força de segurança.

Segundo aquela Organização Não Governamental (ONG), as candidatas devem ser solteiras e virgens e é normal exigir um exame clínico em muitas estruturas policiais daquele que é o maior país muçulmano do mundo, apesar de a hierarquia já ter ordenado o fim desse tipo de inspeção.

Em entrevistas à HRW, citadas pela AFP, várias mulheres descrevem o exame clínico como "doloroso e traumático": as candidatas são despidas perante médicas e sujeitas a um "teste de dois dedos" para avaliar se ainda são virgens, um método que a ONG classifica de arcaico e incorreto.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:

1 comentário

  • As religiões são o maior flagelo da humanidade!
    Jesus Cristo laico | 18.11.2014 | 15.46Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE