Estudo

População da rede de cuidados continuados é envelhecida, dependente e carenciada

21 | 11 | 2014   08.00H

Idosos carenciados, maioritariamente mulheres, com baixa escolaridade e elevada incapacidade e dependência são o retrato da população da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) na região sul do país, segundo um estudo da Ordem dos Enfermeiros.

O estudo da Secção Regional Sul da Ordem dos Enfermeiros (OE) visou caracterizar as 117 unidades de internamento da rede na região sul do país, descrever a sua população e as equipas de enfermagem.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
Foto: DR
População da rede de cuidados continuados é envelhecida, dependente e carenciada | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE