Actualidade

Cerca de 80% dos ricos chineses tencionam enviar os filhos para estudar no estrangeiro

24 | 11 | 2014   05.29H

Cerca de 80% dos chineses ricos tencionam enviar os filhos para estudar no estrangeiro, na maior percentagem mundial do género, segundo um relatório divulgado hoje na imprensa oficial.

No Japão, pelo contrário, menos de 1% dos ricos têm essa intenção e na Alemanha a percentagem é inferior a 10%, refere o estudo da Hurun Report, grupo de media sedeado em Xangai que divulga anualmente uma lista dos milionários da China.

As escolas dos Estados Unidos e Reino Unido são as mais procuradas pelas famílias ricas chinesas, seguidas da Austrália, Canadá, Suíça, Nova Zelândia, Singapura, France e Alemanha.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE