Investigação

Cigarros electrónicos têm dez vezes mais agentes cancerígenos

27 | 11 | 2014   13.16H

Os cigarros electrónicos contêm 10 vezes mais agentes cancerígenos do que o tabaco dito normal, revelaram cientistas japoneses mandatos pelo Ministério da Saúde daquele país.

Os dispositivos electrónicos, que se têm tornado mais populares à volta do mundo, especialmente na população jovem, funcionam através de um líquido que é aquecido e inalado, muito como os cigarros normais, mas sem a presença do fumo.

Os cientistas descobriram agentes cancerígenos como formaldeído e acetaldeído, no vapor produzido por vários tipos de líquido existentes no cigarro eletrónico, revelou uma fonte do ministério da saúde à agência noticiosa AFP.

«Numa marca de cigarros electrónicos, a equipa descobriu mais de 10 vezes o nível de cancerígenos contidos num cigarro normal.» revelou o cientista Naoki Kunugita. «Especialmente quando o wire (produto que vaporiza o líquido) aquece em demasia, maiores quantidades destas substâncias prejudiciais são produzidas.»

Recorde-se que o Japão não regula os cigarros electrónicos sem nicotina, como acontece em muitos países ao redor do globo.

Em agosto, a Organização Mundial de Saúde impeliu os governos a banir a venda deste tipo de cigarros a menores, afirmando que são uma "grande ameaça" para os bebés na barriga das mães e para os jovens.

A organização de saúde também impeliu que estes cigarros fossem banidos de espaços públicos fechados.

Nos Estados Unidos, o número de jovens que experimentaram este produto triplicou de 2011 para 2013.

Destak | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
Foto: DR
Cigarros electrónicos têm dez vezes mais agentes cancerígenos | © DR

4 comentários

  • Nem uma fonte é citada, e já agora vejam os factos, outros sites de notícias sabem usar melhor as palavras que vocês. Onde no estudo é que diz que os cigarros eletrónicos têm dez vezes mais agentes carcinogénicos? O Sr. Jorge apontou para um bom artigo que explica as diferenças para quem não quer ler o estudo, mas vocês nem isso fizeram, por favor não vão com a manada, é que os 'vapers' normalmente estão bem informados e pesquisaram bastante o assunto e agora lá vamos nós ter de andar a dizer a todo o mundo que a notícia é apenas para gerar leitores e que o estudo não é conclusivo e tem muitas inconsistências. Agora se querem visualizações sejam o site que diz que as outras notícias estão mal formadas e porquê...
    Pedro | 27.11.2014 | 15.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Resposta rápida do Dr. Farsalinos (que há anos estuda os ecigs de modo sério) a esta notícia: http://www.ecigarette-research.com/web/index.php/2 013-04-07-09-50-07/2014/188-frm-jp
    Jorge | 27.11.2014 | 14.42Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Ainda falta perceber se falam de cigarros electrónicos ou vaporizadores...
    Arsenio | 27.11.2014 | 14.41Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O lobby das tabaqueiras ao ataque!
    euclides | 27.11.2014 | 14.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE