Bairro

Câmara"dirá oportunamente" o que quer fazer com o fundo do Aleixo

02 | 12 | 2014   04.14H

O presidente da Câmara do Porto afirmou que a autarquia "dirá oportunamente" o que pretende fazer com o fundo imobiliário do Aleixo, que está paralisado e cujo futuro é uma grande incógnita.

Rui Moreira falava na Assembleia Municipal no ponto sobre o "Relatório final de auditoria interna para apuramento das condições de constituição e funcionamento do INVESURB - Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado".

O debate sobre o tema, que durou quase duas horas e terminou já esta madrugada, saldou-se pela aprovação da recomendação do Bloco de Esquerda (BE) ao executivo camarário para que envie o relatório ao Tribunal de Contas (TC) e à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), "para os devidos efeitos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE